«

»

Set 13

Informações para os participantes – Como proceder em caso de emergência

Em caso de ser vítima de acidente ou se detetar um acidentado ou vítima de doença súbita, deve:

1º Inteirar-se da gravidade da situação, nomeadamente do estado de consciência da pessoa em questão. Os participantes estão obrigados a auxiliar os acidentados.

2º Dar o Alerta. Em caso de acidente no decorrer da prova e na impossibilidade de não poder prosseguir, o participante vítima de acidente ou quem o auxiliar, deve entrar em contacto imediato com a organização (963 531 098 ou 964 815 005), ou pedir a alguém que dê o alerta. Caso contrário deverá chegar ao final ou a local do seu conhecimento (mais próximo) onde tenha acesso aos meios de alerta e socorro.

Na impossibilidade de contacto com a organização, deve ativar o sistema de emergência médica ligando o 112.

No seu peitoral tem o contacto geral da organização e do número nacional de emergência.

Deve estar preparado para informar sobre:

  • Identificação do próprio;
  • Local da ocorrência (zona de prova);
  • O que aconteceu;
  • Sinais e sintomas da vítima.

3º Caso seja possível e não coloque a sua segurança em risco, pode desenvolver ações, com a finalidade de evitar que a situação de emergência se agrave.

Deve:

  • Assegurar-se de que a vitima (inconsciente) respira sem obstrução evidente,
  •  Em caso de hemorragia visível, exercer compressão sobre o local da mesma,
  • Cobrir a vítima com manta térmica em caso de condições climatéricas adversas.

Não deve:

  • Posicionar pessoas inconscientes vitima de trauma,
  • Remover eventuais objetos que estejam empalados na vitima,
  • Abandonar o acidentado sem que este esteja acompanhado, a não ser por impossibilidade de acionar o alerta do local onde se encontre.

Estas considerações gerais devem estar presentes em todos os momentos da prova, para que se possa prestar auxílio de forma rápida e eficaz a eventuais vítimas de acidentes.